Skip to content

BIN – DIOR Lyrics

BIN – DIOR Lyrics

Comprei uma coleção pra bitch da Christian Dior
Posso ser o homem da sua vida ou posso ser o pior
É que eu tô numa correria, hoje eu não tenho tempo
Não venha me cobrar postura se você não tem
E hoje o meu rolezinho é de Panamera
Eu ‘tava atravessando a Barra, esplanadinha inteira
Se é que entocou na vitrine com várias modelo
Umas paty de bronzeado que tinge o cabelo
Pra que tu quer saber meu nome? Chama de teu homem (Jovem)
Aquele que só te bota e some
Cara de bolado, sempre estiloso
Dez hora fudendo, ainda continuo cheiroso
Ouro do maciço, olha minha corrente
Cara tatuada, grillz no dente
Voando na orla, duzentos por hora
Ela tá quicando, a pista nem tem quebra-mola

Ayy, meu Deus, eu sempre quero o que me faz bem
Uma Glock no banco da minha Benz
Ayy, empilhando malote com a minha gang
Jogo todas essas notas na minha jeans (Na minha jeans)

Mandado não passa batido, “tô fudido”
Briga com o capeta, só que não treta comigo
Mainstreet é violenta, só psico
Trinta e três artista, só que vinte é foragido
Meu mano descarrega o pente se vê o Corolla
Eu tô com a placa tampada, no pé, doze mola
Eu ouço muito comentário, “Sua firma é foda”
Tem uns comédia’ que não gosta, mas as mina’ adora
Com esse cabelo, canto love, não sou Djavan
Matuê comedor de prima, eu comedor de fã
É só botar o nome na lista e me esperar na van
Fala que minha voz te excita e que isso é um sonho
Vento na minha cara, eu tô na contramão
Fumando setenta tipo dez pulmão
Pra andar comigo, tem que ser purão
É sempre o dobro de vadia pra cada irmão
Os holofote não me engana, esse VVS vem da lama
Garrafa de Hennessy e Buchanan’s
Gin de outra semana, só não tira foto com quem banca
Não explana, eu sou novin’ da lancha

Ayy, meu Deus, eu sempre quero o que me faz bem
Uma Glock no banco da minha Benz
Ayy, empilhando malote com a minha gang
Jogo todas essas notas na minha jeans (Na minha jeans)

Hey, brr
Rock, Rock

Comprei uma coleção pra bitch da Christian Dior
Tentei ser o homem da sua vida, porra, eu fui o pior
Eu sempre tô na correria, lá no movimento
Tentando ser o melhor daqui, eu vivo em treinamento
E ontem foi só rolezada lá em Itajaí
Eu já nem passo mais a marcha, ela passa pra mim
É só mandar o endereço, eu tô brotando aí
E já separa duas amiga’, eu tô levando o BIN
Pra que tu quer saber meu nome? Chama de bradock
Aquele que te come ouvindo rock
Sempre bem trajado e o cordão brilhoso
Igual campo minado, se pisar ni mim, eu explodo
E meu cabelo tá nevado, mas não sou o Gohan
Matuê comedor de prima, eu comedor de anã
É só dar um salve na DM lá do Instagram
Se eu não ‘tiver lá no Vilar, vou tá lá no Xamã
Pra que tu tá querendo fama? Esse rap fraco não me engana
Nós já sabe que teu pai tem grana
Ronca e nós te prancha, ela pede pra sentar na tocha
Rebolando pros novin’ da lancha, ahn-ahn

Ayy, meu Deus, eu sempre quero o que me faz bem
Uma Glock no banco da minha Benz
Ayy, empilhando malote com a minha gang
Jogo todas essas notas na minha jeans (Na minha jeans)

YouTube video
Tags: