UCLÃ – Aquelas Cenas Lyrics

LETRA:
Santiago

Eu gosto quando
Ela joga
Senta e trava
Virando rostinho
Com a carinha
De safada

Pra tu eu aperto a braba
Só fumo a braba
Pra te ve jogando
E rebolando na minha cara

Então Desce não para
Sobe e não para
Gosto quando vc vem
Rebola na vara
Na minha vara
Que só por hoje
Me tem

Então Desce não para
Sobe e não para
Gosto quando vc vem
Rebola na vara
Na minha vara
Que só por hoje
Me tem…

Quando elas me vê
Elas fica louca
Quer beijar
Minha boca

Pq sou da china
E porto uma
Glock de roupa

Dia de baile
Aquelas cenas
Piranha jogando
A tcheca

Refrão

(Eu sei que ela quer jogar
pra mim
Que essa noite essa
noite nao tem fim

Ela quer me usar
Não para me olhar
Começa estigar
Quando me vê sozinho )

2x

Açuk

De nave na pista eu acelero
Vivendo o momento não penso no fim
Depois que eu casei com dinheiro
Vieram amantes eu tô bem assim

Disseram pra danada que eu sou tiroteio
Brota na base só de vestidinho
Transa em toda parte até no chuveiro
Se chupar direito vai pro mocelin

Doida, louca, roça
Quando ta por cima ela senta com força
Dentro da minha base nunca fica de roupa
Dentro do seu copo bala rosa e da roxa

Dentro do seu corpo fiquei a noite toda
Eu sei o segredo pra deixar ela louca
Rebola a bunda que eu adoro safada
Se tamo fudendo o resto que se foda

Sobs

É que eu pensei
A semana inteira
Hoje é dia de baile
Eu mando um uber
Pra te buscar
Vou te pegar de qualquer maneira
Ta com amiga
Sabe eu não recuso
Pode chamar

Ela quer montar na minha Fazer
Pega minha case
Agarro uns tubo e tu bafora
Fuma meu base
Rebola a bunda
E deixa crazy
Chama de baby
De quatro só nossa senhora
Olhar de laser
Bico do peito
Igual uma teaser
Te chupo, lady
Sempre digo que é mais gostosa
Que Milk Shake
Tu sempre diz que eu sou mó 7
Caiu na rede
Prometo é o que sai de tu
Que mata minha sede

Refrão

(Eu sei que ela quer jogar
pra mim
Que essa noite essa
noite nao tem fim

Ela quer me usar
Não para me olhar
Começa estigar
Quando me vê sozinho )

2x

Sueth

E se eu e meus manos lançar uma nave do ano invejoso se morde
Perfume de grife francesa lente da juju e o cabelo no corte
Na comunidade rolê de meiota
Onde nós passa as paty joga a xota
É da zona sul mas se eu chamo ela brota
hey…
E se eu chamo ela brota

Bate a foto e tira o flash pra não ofuscar o meu holofote
Mais tarde no bailão com meus cria nós fica forte
Eu supero a minha tristeza gastando tudo no shopping
Só roupa de grife e várias polo da lacoste

Oh nah nah, Oh nah nah
Ela senta e se acaba
Joga na minha cara
Não para, safada

Oh nah nah, Oh nah nah
Ela senta e se acaba
Joga na minha cara
Não para, safada